sábado, 26 de junho de 2010

Entre Pios e Grunhidos Ou Uma Tarde Que Nunca Fui Ao Twitter

Socrátes – (O preferido das Musas) Tudo que sei é que nada sei!
Platão – Ótima ideia para um romance!
Aristóteles – Você e suas utopias! Veja bem: a lógica diz que quatro são os elementos, logo...
Santo Agostinho – (Interpondo o báculo)… o Mal existe e só a Cidade de Deus pode deter o seu avanço.
Lutero – Está escrito: Deus é a minha fortaleza, nele tudo posso!
Dawkins – A ciência prescinde da hipotese Deus!
O Exorcista – Vade Retro! Este campo não te pertence.
Marx – A religião é o ópio do povo!
Executivo da BP – Desiste. Sem religião nossa sociedade seria um caos!
Charton Heston – (Ainda com o figurino de Moisés, aquele dos dez mandamentos) Bem, eu acredito em Deus. Mas, meu rifle fala melhor que eu.
Clérico Católico – (Acariciando o rosto de uma criancinha) Creio no Pai, no Filho e no Espírito Santo!
John Wayne – (Montado numa bomba atômica, novinha em folha e arisca pra dedéu) Ouvi direito... Alguém aqui duvida da existência do Todo Poderoso?
Judeu e Árabe – (Aos tapas) Impossível. Deus nos fez à sua imagem e semelhança!
Bin Laden – (Atrás de uma coluna gótica recheada de arabescos cleans, lubrificando sua AK-49) Alá é Grande e Sua Vingança Divina!
Kant – Gente, que que é isto, vossas posições são antinomias da razão, não percebem? (John Wayne leva a mão ao coldre) Mas, em vista de circunstâncias atenuantes... Deus é um conceito moral da máxima importância. Pronto, falei!
Bush – Quem não está comigo, está contra migo.
Galileu – Redonda!
Sua Santidade – Achatada!
Galileu – Redonda!
Sua Santidade – Achatada vai ficar sua cabeça se você não parar com estas bobagens.
Galileu – (Resmunga entre dentes) Redonda!
Sua Santidade – Eu ouvi, hein!
Galileu – Tá, tá, tá...
Galvão Bueno – Dunga bem que podia mirar-se nesse exemplo e aceitar a voz da razão.
Woody Allen – Mas isto não encerra a questão de saber o que Deus estava fazendo antes de criar o Universo.
Torquemada – Criando o Inferno para quem faz este tipo de pergunta, isto esclarece as coisas?
Woddy Allen – Uau!
Edir Macedo – (Fazendo a contabilidade de mais uma fogueira santa) O Senhor é meu pastor e nada me faltará!
Dalai Lama – (Puxando Dawkins pela manga do paletó) Este conversa não está me cheirando bem. Isto aqui vai acabar em merda, olha o que eu estou falando!
Zulicreide, a doméstica – (Empunhando balde, detergente e vassoura confidencia a Vandercleison, o “pau pra toda obra” e xangozeiro renomado) Vai sobrar para quem?
Saramago – Fui!
Marina Silva – Vai com Deus!
Evangélico – Pô, Marina, isto é coisa que se diga para um ateu? Aí, perdeu meu voto!
Silvio Santos – Quem quer dinheirooooooo!
Paulo Maluf – Que foi, está olhando o que? Minha ficha é limpa!
Manuel Bandeira – Vou-me embora para Pasargada...
Drummond – Mundo, mundo, vasto mundo. Se me chamasse Raimundo seria uma rima não uma solução.
Jesus, O Cristo – Pessoaaalll... isto aqui tá doendo pra cacete... Quando é que vocês vão me tirar daqui? Pessoauuuuuu... yo hoo, alguém aí está me ouvindo?
Delegado Fleury – (Na maior água, confidenciando a dois ou três cupinchas) Vai por mim, o sofrimento redime!
(Enquanto isto, no blog ao lado, tem inicio uma palestra com o mestre do terror)
Jovem – Por que o senhor escolheu escrever sobre temas tão medonhos?
Stephen King – Por que você acha que eu tenho escolha?
Lula – (Fazendo uma fézinha, inspirado em altas doses de pesquisas) O companheiro escritor vai me desculpar mas nunca na história deste país tivemos tantas escolhas... cê veja: a Dilma pode não ser o Mandela mas a Copa do Mundo é nossa e a herança maldita deles.
José Serra Abaixo – Me inclua fora desta, presidente.
Lula – Tua batata tá assando!
José Serra Abaixo – Que que é isto, companheiro? Você, para mim, está acima do bem e do mal.
Nietzsche – Agora transcendeu! Humano, demasiado humano.
Defesa Civil – Olha a enchente aí, gente!
João Grilo – Valei-me minha Senhora... já fui homem, fui menino... só me falta ser mulher!
Hardy – (Pendurado num lustre, tentando pegar um salgadinho de uma bandeja que passa impávida e lépida rumo ao camarote vip) Oh, dia... oh, céus... oh, azar... Isto não vai dar certo.
Lippy – Calma, Hardy. O negócio é ser otimista!
Mochileiro das Galáxias – Humanos são mesmos uns neuróticos!
Freud – (Entra, fechando a braguilha) Ops, alguém me chamou? Sem histeria, por favor!


5 comentários:

  1. Muito criativo! Ficou ótimo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Isso foi muito bacana! Criatividade está sobrando por aqui! Adorei o do Nietszche!!!

    ResponderExcluir
  3. Amigo, de volta e encontrando-te no auge da forma. Texto de fazer inveja ao Sérgio Porto ou ao Millôr. Parabèns!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir