Mostrando postagens com marcador Silêncio. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Silêncio. Mostrar todas as postagens

sábado, 18 de setembro de 2021

canção no ar

 

Great Still life on pedestal, Pablo Picasso, 1931


coloquei minha angústia para dormir

e lá está, quietinha, numa tela

a enfeitar o corredor


porém, sempre que passo por ela

me ocorre possuir

quase ou nenhum talento

para pintura…


foi daí que inventei um anjo:

planos multidimensionais

cores que tagarelam

em meio às infinitas desculpas

e perspectivas esfarrapadas...


é que aqui em casa

busco não machucar o silêncio

torno possível

(mesmo desafinado) praticar

todo dia

uma velha canção de ninar