Mostrando postagens com marcador realidade. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador realidade. Mostrar todas as postagens

sábado, 29 de fevereiro de 2020

fruto da imaginação


The imaginative faculty, Rene Magritte, 1948




minha mãe não me deixava morrer de fome
mas me matava de amor

passei o dia a martelar
esse paradoxo na cabeça…

pensei em descansar
confiei que se dormisse
encontraria uma resposta

e sonhei
sonhei que resolvia a contradição
que ainda vive em mim

porém, quando acordei
a primeira coisa que lembrei foi
os termos
ao se somarem
anulam-se mutuamente
restando no lugar
uma carência

se a realidade não passa
melhor ficar em paz
melhor fazer de si
um fruto
da própria imaginação